segunda-feira, 29 de outubro de 2007

A Fila


Na fila da indecisão me vi
Nada além de um simples lugar encontrei para me apoiar
Então esperei por um momento
Até que chegasse a coragem de tomar um novo rumo
Sem mesmo ver diante mim um contentamento
Algo que me colocasse em segurança do que decidi.
Pensando estava naquilo que perdi
Despertou dentro mim um desânimo
Que mesmo com palavras ouvidas naquele momento
Não me colocavam para melhor
Mesmo sendo alertas de despertamento
Então olhei para mim mesmo
Sem força alguma resolvi olhar onde me apoiara
Era algo mais forte que eu que me carregava
Quando eu em mim mesmo confiava
Um ser superior para mim olhava
E com olhar de bondade me amparava
Em minha mão segurou
E disse que daquela fila haveria de me tirar
E poria diante de mim uma nova estrada para trilhar.

Nenhum comentário: