sexta-feira, 23 de maio de 2008

Sonho

Sabe aqueles sonhos que parecem não fazer sentido? Pois é o meu foi o seguinte:
Sonhei que estava atravessando uma ponte. Havia um rio estranho. Do lado de cima do rio estava super cheio; quase transbordando. Do lado de baixo o rio estava com o fluxo normal. atravessei meio com medo, mas atravessei. A ponte não me passava muita segurança; daí o motivo de eu atravessar tão rápido.
Quando cheguei do outro lado, olhei de repente para trás e percebi um barulho forte de água. Olhei para a ponte que já estava ficando para trás e percebi que o rio havia voltado a estar normal tanto do lado de cima quanto o de baixo. Não me contentei com aquele estranho acontecimento e resolvi olhar debaixo da ponte. Percebi então que alguem havia feito uma barragem debaixo da ponte, mas a força da água derrubou aquela pequena contensão. Então percebi que as contensões naõ podem interromper o fluxo do rio. Os medos que as contensões provocam são passageiros e logo já não existirão mais.
A vida continuará normalmente assim como o fluxo daquele rio. Por mais que tentem interromper não conseguirão, por que a vida e os rios não foram criados para serem contidos.

Rico

Nenhum comentário: