domingo, 14 de novembro de 2010

Pedro Demo já dizia:

"...o sorriso irônico, comunica através do sorriso, o contrário. O humor negro comunica a tragédia como diversão. Há silêncios ensurdecedores, ausências gritantes, desaparecimentos estratégicos. Enquanto de um lado, a comunicação garante que é possível conviver, de outro abriga nela mesma a condição do desencontro. A comunicação pode, ao mesmo tempo, gerar e abafar a crítica, favorecer e suprimir o questionamento, motivar e desestimular o encontro".
.
Quanto paradoxo para transliterar a pesquisa em forma de diálogo em sua obra "Pesquisa: princípio científico e educativo" Pedro Demo escreve.
.
Não seguindo as idéias de Demo, continuo no meu monólogo, já que praticamente não comunico !