sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

E Foram os Dias

Bem, mal percebi que o ano havia começado
E logo vi que o novo já virou passado...como eu gostaria de ter feito uma coisa!
Aliás, expectativa que perdurou o ano inteiro, o tempo todo
Termina com o ciclo que se finda, mas
Logo recomeça com o próximo calendário.
E todo o tempo será novamente de espera, de expectativas;
Só posso imaginar que a vida será mais linda.

Isto pode até ser um presságio em algumas linhas.
Na minha escrivaninha um longo texto se arrasta, como sempre
Minhas vontades e desejos se manifestam e são sufocados...mas não morrem
Yalu! eu poderia exclamar como transliteração da minha realidade;
Lutaria contra minha insanidade que me torna ridículo
Indo e vindo nos dias que ocupam o mesmo ciclo...e fujo de mim mesmo
Feito "rabo" que teima em fugir da mordida
E sentindo que vai ser diferente as novas oportunidades da vida.

Nenhum comentário: