quinta-feira, 7 de abril de 2016

CLARO

claro como a luz do dia
se via nos seus olhos que você não sorria de verdade
percebia-se que o desconforto do fingimento em sorrir
não era nada além de uma falsidade
tão duro foi pra você aquele momento
pois não é do seu feitio esse comportamento
todos notaram e comigo comentaram
se eu sabia o que estava acontecendo
já que seu sorriso possui um poder tão cativante
e naquele momento de embaraço e sufocante
tal poder se esvaiu de descontente.

juro que eu queria que aquele momento acabasse
e dali saíssemos pra respirar ares de novidade
aonde não precisasse fingir um simples sorriso
nem dar satisfação da nossa intimidade.
então me restou te fazer um pedido
para que sorrisse para mim em legitimidade
já que naquele lugar não havia motivo
além de ser um ambiente falso e cansativo
então pude ver novamente em seu olhar
e sua boca com um sorriso espetacular
que para mim presenteavam
mesmo que eu não fosse digno deles ganhar.

®!©Ѻ

Nenhum comentário: