segunda-feira, 9 de abril de 2012

voar assim!




esse vento, esse monte, essa rampa!

esse medo, essa aventura, esse tempo!

essa luta, essa visão do alto, essa ternura do tempo;

essa vontade, essa saudade, essa loucura;

esse perfume, essa lembrança, essa ansiedade;

me levam mais alto, me fazem planar,

me fazem tremer, me trazem desejos;

me mostram mais longe, me levam sem rumo, mas eu onde chegar;

fazem em mim uma bagunça, me bate sem pena, me consome aos poucos, me abate, me levanta!

me esconde, me surpreende, me entende, mas me espanta!


£¢